Posted by: Simone Talarico Ross | June 20, 2007

Praias!!!!


Prá quem morou no Rio de Janeiro e frequentava as praias da Barra da Tijuca e Copacabana, e também havia visitado algumas praias turísticas do Nordeste brasileiro, é quase um choque a reação que se tem ao ir às praias aqui.
Primeiro, se você pretende passar o dia por lá, você tem que levar bolsas e mais bolsas com tudo o que vai precisar, porque ambulantes não existem. Então você coloca toalhas, protetor solar, cadeiras, guarda-sol, alguns brinquedos para as crianças,e claro, você não pode esquecer da bolsa térmica para levar frutas e algum lanchinho, porque a fome vai pintar e não tem onde comprar! Ou seja, como chamamos no Rio, você se transforma num legítimo “farofeiro”!!!!

Pelo o que eu entendi até agora, existem “State Beaches” e as que não são. A única diferença que identifiquei é que nas State Beaches é permitido levar cachorros e há várias leis para organizar tuuuudo! A organização é impressionante. Há espaço para estacionamento – você pode pagar para ficar logo em frente da areia ou ir para estacionamentos gratuitos, onde vai ter que andar um pouquinho-, lugar para acampar, banheiros com chuveiro – é de graça, a não ser que você queira água quente – ; cachorro, só na coleira, lógico, e é proibido o consumo de bebida alcoólica – o tema é quase um tabu por aqui, falo mais sobre isso num próximo post. Em algumas praias chega-se a se separar aonde as pessoas podem surfar e aonde não se pode, inclusive partes separadas para quem só vai brincar de morey boogie, meu caso.

Como os americanos sempre estão acompanhados de seus filhos (eu arriscaria dizer que aqui, a média é de dois filhos por família) eles brincam de tudo na praia, de frescoball (sim!), à bocha, passando por futebol americano e baseball. Mas tudo com muito respeito a quem está passando, geralmente longe para não ser incoveniente.

Como a Califórnia fica na costa do Oceano Pacífico, a realidade que estou contando é do lado Oeste do país, ok? Só disse isso porque essa seria a principal razão prá a água do mar ser tão gelada, em comparação com as praias brasileiras. Já tive que usar wetsuit prá poder entrar na água e brincar de morey, mesmo num dia de sol forte. Agora já estou um pouco mais acostumada. No fim de semana passado, quando fomos à paria, a temperatura da água estava em torno de 18 ºC , mas depois de umas duas tentaivas, me acostumei e já estava entrando na água sem reclamar.

Outra coisa muito comum de se encontrar aqui, não sei se tem uma época do ano prá isso, é o que chamamos de seaweed. Cientificamente elas são algas macroscópicas, mas parecem, na verdade, grandes plantas. No começo eu ficava um pouco enojada com a coisa, mas agora já tenho um boa relação com elas. Na verdade as praias são completamente limpas, nunca vi um lixo no mar ou na areia, só essas plantas que fazem parecer que há sujeira por todo o lado.
A areia também é diferente, lógico. Mas depende da praia: existem as cinzas e grossas, as que tem muitas pedras e as mais fininhas.

Acho que a foto é boa prá confirmar o que falei: há seaweed por todo lado, gente com roupa de frio, as cadeiras com mil coisas trazidas… Esta é a praia de San Elijo, onde fomos no último fim de semana…

Responses

  1. Que me desculpem os californianos, mas mesmo com todos os problemas daqui (Brasil), prefiro muito mais as praias daqui.

    Aliás, eu não sei de onde veio a idéia daquela música: “…. eu vou Califórnia, viver a vida sobre as ondas …”. Surf? Aqui também tem. Beleza? Poucas se comparam às praias brasileiras.

    Beijos.

  2. Nossa, realmente bem diferente!!!
    Ainda bem q já vou com o pensamento de aproveitar as praias pra outras coisas além de tomar um solzinho rssss: fazer caminhadas, pedalar de bike, um luauzinho… E assim vai!!! hehehehehe
    Bjusss

  3. Nossa!!!!!!! Praia por aí não é um dos melhores programas!!!rs

    Amiga as descrições que vc faz são perfeitas. Tenho a sensação de estar vendo as cenas descritas.

    Estou adorando fazer essa viagem!
    bjus

  4. Quero deixar bem claro q a intenção de mostrar como são as prais q frequento aqui não é, de forma alguma, comparar suas belezas, pois cada uma é única! Como amante do mar e seu som, consigo ver beleza na mais suja das prais brasileiras ou qq outra! A idéia foi mais de compartilhar como o americano tem diferentes hábitos qdo vai à praia devido a certas características peculiares do clima daqui!!!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: