Posted by: Simone Talarico Ross | August 2, 2007

Sistema de Saúde americano II

O que pretendo trazer aqui é tão somente um panorama do sistema de saúde americano, que deve ajudar quem pretende morar aqui, e não prá quem vem somente à passeio. Se você vem como estudante ou turista, eu aconselho adquirir, juntamente com sua passagem, um seguro para emergências, pelo menos.

Diferentemente do Brasil, não são todos os cidadãos americanos que têm direito à saúde pública. Na verdade, muito poucos são qualificados a adquirir programas como o Medicaid, que tem particularidades em cada estado, mas que no geral, é um programa que dá assistência àquelas pessoas que têm uma renda anual considerada bem pequena.

Se você não pode adquirir nenhuma assistência desse tipo, o melhor é ter um plano de saúde privado. Claro que, caso você não tenha um e vá parar numa sala de emergência, você será atendido, mas provavelmente o hospital vai fazer você assinar um papel com suas informações e, algum dia, você vai receber a sua conta!

A idéia, me parece, é fazer com que as pessoas que têm condições de pagar por seu próprio plano de saúde – aqueles que não podem qualificar por um programa público – o façam. E então, o governo dá boa assistência àqueles que não podem.

Os problemas são muitos decorrentes desse sitema. Porque, como estou constatando depois de 6 meses nesse campo, nem todo mundo entende que essa é uma responsabilidade individual. Então, as pessoas compram carro, casa, tevê de plasma e LCD, têm o último modelo de celular, i-pod, Wii, mas não asseguram aquilo que é único, que não pode ser trocado, que a gente só tem chance de ter um: o nosso corpo, a nossa vida. E, quanto mais jovem a pessoa, parece que a idéia de invencibilidade é maior.

Segundo algumas estatísticas, a razão de cerca de metade das pessoas pedirem falência aqui, seria devido à contas de tratamentos médicos. As contas podem chegar a ser astronômicas! Porque, como no Brasil, se você vai ao médico e não tem plano de saúde, provavelmente você vai pagar uns 100 reais numa consulta, não? Mas, se você tem um plano que cobre 100% suas consultas médicas, sabe quanto uma companhia de seguro paga ao médico pela mesma consulta? Eu diria que, hoje em dia, deva estar em torno de 35 reais. Aqui, no que tange à contas de hospitais, é a mesma coisa.

Mas, ter plano de saúde ainda não garante que você possa estar totalmente seguro. Vou falar das diferentes formas de planos no próximo post.

Caso você tenha alguma dúvida, deixe um comentário sobre o assunto, que tentarei responder nos próximos posts ou, se a dúvida for muito específica, envie um email: simonetross@gmail.com.

E pensar que eu sempre tive plano de saúde no Brasil porque morria de medo dos hospitais públicos… O problema é que lá você tem direito à tratamento público, mas pode morrer esperando; aqui você pode perder tudo o que levou a vida inteira prá poupar, ou morrer porque, sem dinheiro, não pode fazer o tratamento adequado…


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: