Posted by: Simone Talarico Ross | August 26, 2008

Michelle Obama prá presidente dos EUA!!!!

Depois de assistir ao primeiro dia da convenção do partido democrata, me convenci ainda mais do poder que têm os comunicadores. Seja quem for que tenha escrito o discurso da esposa do senador Barack Obama, merece todos os aplausos, recebidos pela candidata à primeira dama.

É claro que a história de vida da senhora Obama conta. De família operária, Michelle Obama teve a oportunidade que os pais não tiveram: fez uma faculdade, de Direito. Foi trabalhar num escritório de advocacia, onde conheceu o futuro marido, mas lá não ficou. Saiu para trabalhar no serviço público, ganhando muito menos, ajudando jovens a construir um futuro melhor, em Chicago.

No discurso, ela se descreveu como  “irmã e mulher”, e como “uma mãe cujas filhas são a primeira coisa em que penso ao acordar e a última ao dormir. O futuro das minhas filhas e de todas as crianças dos Estados Unidos é meu sonho”.

“Meu pai era um operário e minha mãe ficava em casa conosco. Com integridade e compaixão, lutavam para que os filhos tivesse uma vida melhor do que a deles”, prosseguiu Michelle. “Tivemos amor, carinho, proteção, a sensação de que tínhamos um lugar neste mundo”.

A vida do marido é a prova, para Michelle, de que “o sonho americano resiste. Ele nasceu no Havaí, mas ambos fomos criados sob os mesmos valores: trabalhe muito, estude muito e respeite as outras pessoas mesmo quando você não sabe quem são ou discorda de suas idéias”. (Acho que ela ganhou meu voto aí!)

Obama é um visionário mas é realista, garantiu a esposa: “Ele sempre fala no mundo como é no mundo como a gente gostaria que fosse, mais justo. Não é este exatamente o grande sonho americano? Moldar o futuro de acordo com suas idéias?”.

Em defesa do marido, ela afirmou que Barack Obama conhece os problemas de emprego, saúde pública e previdência social que atormentam os americanos mais pobres, “ele vai acabar com a guerra no Iraque responsavelmente” e “ter a certeza de que toda criança deste país tenha uma educação de classe internacional”.

“Ele conhece o fio que nos une, apesar da nossa diversidade. Esse fio é suficientemente forte para nos unir e trazer esperança”, proclamou Michelle. “Vamos ouvir nossa esperança, em vez do medo. Vamos parar de duvidar e voltar a sonhar. Vamos eleger Barack Obama o próximo presidente dos EUA!” A esperança versus o medo, acho que nós já ouvimos essa dupla antes, não? Será que aqui a escolha “esperança” vai dar um diferente resultado? Veremos!

Depois de um breve mas emocionado discurso de Ted Kennedy – muitos choraram – , que se mostrou impressionantemente ativo – apesar de especialistas dizerem que ele tem cerca de seis meses de vida apenas, por causa de seu câncer de cérebro-, a grande estrela da primeira noite da Convenção Nacional do Partido Democrata foi Michelle Obama, que teve sucesso, a meu ver, em enfatizar os valores da família, numa tentativa de aproximar o senador Barack Obama do cidadão comum americano, como queria o partido.

Hoje tem Hillary Clinton!!!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: